Bolo Cor-de-Rosa


Depois de várias semanas de aniversários, declaro encerrada a época das festividades cá em casa pelos próximos meses.

A minha mãe fez anos no sábado, um dia como já não se via há muito, parecia encomendado. Fomos almoçar à linha e ao passar pela marginal vi as praias cheias de gente a aproveitar o bom tempo para tirar a barriga de misérias dos meses de chuva que temos tido.

Desde que o sol apareceu sinto-me com muito mais energia e disposição, acho que inconscientemente estava com uma neura do mau tempo.

No sábado acordei estranhamente cedo e decidi lançar-me a fazer o bolo, não tinha planeado nada porque achei que não ia ter tempo, mas afinal ainda consegui fazer o bolo e panquecas para o pequeno-almoço.

Improvisei com que tinha cá em casa e acabou por resultar. O bolo propriamente dito é neutro, se tivesse mais morangos podia ter juntado na massa e tinha ficado bom. Com natas e mascarpone fiz o creme. Tinha morangos, mas também podia ter usado framboesas e frutos vermelhos.


Ingredientes:

- 6 ovos
- 200 g de açúcar
- 75 g de manteiga
- 150 g de farinha
- 1 colher de chá de fermento
- 1 colher de chá de extracto de baunilha

- 200 g de natas
- 200 g de queijo mascarpone
- 3 colher de sopa de açúcar em pó
- 1 colher de chá de extracto de baunilha
- 1 colher de chá de corante alimentar vermelho


Preparação:

Bater os ovos o açúcar e a manteiga.
Juntar a farinha, o fermento e o extracto de baunilha. Bater até abrir bolhas. 
Levar ao forno numa forma de fundo amovível num lume médio, para que coza uniformemente.

Para o creme, juntar as natas, o açúcar, o extracto de baunilha e o corante vermelho e bater até formar picos.
Juntar o mascarpone e bater até o creme ficar uniforme.

Assim que o bolo tiver arrefecido pode ser cortado e recheado.
Decorar com morangos ou frutos vermelhos.